DesignExposiçõesJóiasModaProduto

Joias brasileiras em exposição na Inglaterra

Para quem está na Inglaterra, ou pretende ir para lá, está em cartaz em Barnsley, a exposição Jewels From Brazil, que reúne o trabalho de dezessete artistas brasileiros de sete estados do país – São Paulo, Pernambuco, Distrito Federal, Ceará, Tocantins, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A mostra está no The Civic, paralelamente à exposição (+55)Brazil. As próximas paradas são as cidades britânicas de Sleaford e Wimborne.

Entre as criações expostas, a combinação de dois pólos – o natural e o artificial – afirma o brasileirismo das joias selecionadas. De um lado, materiais naturais – não somente as pedras preciosas brasileiras e os metais como ouro e prata, mas também sementes de árvores da Amazônia, fibras de palmeiras das praias do Nordeste e até couro de peixes dos rios. De outro, materiais que vêm do lixo, como as garrafas de plástico usadas para engarrafar água.Vale ressaltar que, antes de se popularizar mundialmente, a prática de reaproveitamento de resíduos é tradicionalmente comum entre o povo brasileiro, principalmente pela base econômica do país. Como afirmou Buckminster Fuller nos anos 1960, o lixo é o único recurso em contínua expansão no planeta – e se o teórico norte-americano tivesse visitado o Brasil, ele teria conhecido um povo que já praticava a ecologia antes mesmo da palavra existir no dicionário. E, ainda que o recente crescimento econômico tenha afetado esta postura, a popularidade da reutilização voltou à tona devido a larga consciência ambiental difundida mundialmente.

Novo conceito

A biodiversidade brasileira fornece um grande número de matérias-primas naturais, muitas das quais estudadas recentemente e só agora utilizadas como alternativas. Além da nova construção, as joias brasileiras apresentam uma nova maneira de interação com o corpo humano através de objetos com novos formatos.

Em ‘Jewels From Brazil’, a inventividade popular e a riqueza de recursos brasileiros se unem para enaltecer um momento de grande criatividade da nação verde-amarela, que mostra a silhueta de sua identidade através da multiplicidade nas criações e nos materiais escolhidos.

Informações

The Civic, Barnsley: 10 de setembro a 29 de outubro.
Hanson St, Barnsley, South Yorkshire S70 2HZ.
www.barnsleycivic.co.uk

The National Centre for Craft & Design – The Roof Gallery, Sleaford: 12 de novembro a 8 de janeiro de 2012
Navigation Wharf, Carre St, Sleaford, Lincolnshire, NG34 7TW.
www.thehubcentre.info

Walford Mill Crafts – The Philip Goulden Gallery, Wimborne: 14 de janeiro a 26 de fevereiro de 2012
Stone Ln, Wimborne, Dorset BH21 1NL.
www.walfordmillcrafts.co.uk

Via Assessoria de Imprensa

Gostei! Gostei!

matérias relacionadas

Exposição Anticorpos em São Paulo
Exposição Vik Muniz
Jóias diferentes

sobre o autor

barbara
formagio
Formada em Desenho Industrial pela Faculdade da Cidade (RJ) desde 2005. No seu portfolio há clientes como TIM, Unimed, Nokia, Sadia e Icatu Hartford. Trabalhou na Tátil Design por 4 anos e agora está na Cuca Design. Gosta de dançar muito, de chocolate, viajar, viajar, viajar (ama viajar! E quem não gosta?!). Adora moda e promete mergulhar de cabeça nessa área.



recomendamos

Vende-se Design: Autopromoção e portfólio para profissionais criativos

160 páginas

Editora 2AB editora, 2011
Português

sites recentes

Volta Ferrorama
Promocional
Paul Frank
Promocional
Pilot Handwriting
Tipografia
 
 
 

debate atual

Criação vs Produtividade

matérias randômicas

Abertura não oficial de Tintin
Coleção Ipanema Sem Igual
Diversão inspiradora
Retratos fragmentados
Johanna Basford

flickr

www.flickr.com/de2ign

arquivo

creative license

Tirinhas exclusivas de N.C. Winters, traduzidas para o português.
Creative License #66 – Despedida Final

enquete

  • Desculpe, não há nenhuma enquete ativa neste momento.

feedback

Você tem alguma idéia ou sugestão
para melhorar nosso site? Nós queremos ouvi-lo! Queremos que a De2ign seja, cada vez mais, do seu jeito e com a sua cara!

newsletter

Assine a newsletter e receba nossas matérias por e-mail. É mole ou quer mais?

twitter

Ó nós aqui no Twitter...