DesignDestaqueMarca

Equipe Olímpica Canadense

Gostei muito do trabalho de Ben Hulse. A identidade visual e marca criadas por ele e sua equipe ficaram bem simples, porém bem aplicadas e funcionais.

Veja abaixo um pouco da explicação do grafismo utilizado na identidade visual e da história da Equipe Olímpica Canadense, que mesmo sem ser tão famosa, tem um orgulho enorme em participar dos Jogos Olímpicos.

Clique para ampliar
Marca da Equipe Olímpica Canadense

A Equipe Olímpica do Canadá começou a competir nos Jogos Olímpicos modernos no início dos anos 1900. Mais de um século de histórias, temas e iconografia inspiraram a nova marca. O resultado é ao mesmo tempo clássico e contemporâneo, mas atemporal.

A folha de plátano ou acer – aquela folhinha ponteaguda, típica do Canadá – representa os atletas canadenses há quase 60 anos, antes de se tornar o único ícone na Bandeira Nacional do Canadá. O ícone mais famoso do Canadá está de volta no coração da identidade da equipe. Inalterada, pura e icônica – como o país e a equipe que ele representa.

Em 1908, o primeiro oficial da equipe olímpica canadense atravessou o Atlântico para Londres e trouxe para casa 15 medalhas. Agora, mais de um século depois, a equipe retornará a Londres em 2012, lutando por um maior sucesso, pois representam uma equipe ligada a cada atleta olímpico que já usou a folha de plátano no Canadá.

Clique para ampliar
Marca da Equipe Olímpica Canadense – sem assinatura

Clique para ampliar
Marca do Comitê Olímpico Canadense

Clique para ampliar
Marca da Jovem Equipe Olímpica

Clique para ampliar
Marca da Equipe Pan-americana

Clique para ampliar
Marca do Hall da Fama Olímpico Canandense

O grafismo

Com base na geometria da folha de plátano, o conceito foi inspirado por obras de arte canadenses, iconografia e o notável desempenho e orgulho dos atletas do país. Os tons escolhidos foram baseados nas cinco cores dos anéis olímpicos, que representam as bandeiras do mundo. A paleta de cores estendida inspira as paisagens do Canadá. O conjunto vibrante e dinâmico, representa o mosaico cultural do país e a energia da Equipe Olímpica Canadense.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Clique para ampliar

A história

A Equipe Olímpica do Canadá representa o mais alto nível do esporte no país, inspirando o orgulho nacional por mais de um século. Em todos os Jogos Olímpicos, os seus atletas fazem a história que liga o presente com o passado. Quando o velocista canadense Donovan Bailey ganhou duas medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996, sua vitória amarrou-o para sempre a lenda do atletismo, Percy Williams, que ganhou duas vezes ouro para o Canadá em Amsterdã, em 1928. É um padrão que se repete ao longo das décadas.

Em 1908, a equipe canadense atravessou o Atlântico para Londres e trouxe para casa 15 medalhas. As atletas canadenses “The Matchless Six” superaram todas as outras faixas do sexo feminino e atletismo nos Jogos Olímpicos 1928, em Amsterdã. Foi a primeira vez que as mulheres foram autorizadas a participar nestes eventos.

Os Jogos subsequentes viram mudanças políticas, econômicas e sociais, mas os seus atletas continuaram a prosperar. Alguns se tornaram nomes conhecidos, como a patinadora Barbara Ann Scott, os nadadores Alex Baumann e Victor Davis etc. Há muitas estrelas na história olímpica deste país, mas também há heróis tranquilos, que empurram os seus limites longe de câmeras e manchetes. Todos estes atletas têm extraordinária determinação. Acima de tudo, eles fazem o Canadá cada vez mais orgulhoso de vestir a folha de plátano.

Clique para ampliar
Primeira equipe nacional do Canadá nos Jogos Olímpicos de Londres 1908

Clique para ampliar
Donovan Bailey ganhando o 100m masculino, com um tempo recorde de 9,84 segundos em Atlanta 1996

Ben Hulse Design

Ben Hulse é um diretor de arte, designer multi-disciplinar, fotógrafo e músico, e sua empresa tem sede em Vancouver, Canadá. Foi diretor de arte da marca e da equipe de criação para os Jogos Olímpicos de Vancouver 2010 e Paraolímpicos de Inverno. Para conhecer mais seu trabalho acesse seu site, clicando aqui. Para este trabalho de redesign de marca do Comitê Olímpico Canadense, Ben trabalhou ao lado dos designers Greg Durrell, Bognar Adam e Andrew Simpson. Parabéns a esta equipe!

matérias relacionadas

Tocha olímpica 2012
Marca Paralímpica: espírito em movimento
E a equipe da De2ign está crescendo!

sobre o autor

barbara
formagio
Formada em Desenho Industrial pela Faculdade da Cidade (RJ) desde 2005. No seu portfolio há clientes como TIM, Unimed, Nokia, Sadia e Icatu Hartford. Trabalhou na Tátil Design por 4 anos e agora está na Cuca Design. Gosta de dançar muito, de chocolate, viajar, viajar, viajar (ama viajar! E quem não gosta?!). Adora moda e promete mergulhar de cabeça nessa área.

  • http://www.euvou.blog.com/ Petter

    Muito legal. Uma bela atualização, deixando o contorno da folha como no original.



recomendamos

O Design Brasileiro antes do Design

358 páginas

Editora Cosac Naify, 2005
Português

sites recentes

Volta Ferrorama
Promocional
Paul Frank
Promocional
Pilot Handwriting
Tipografia
 
 
 

debate atual

Criação vs Produtividade

matérias randômicas

A personalidade de cada fonte
Vagas abertas para monitores na Bienal Brasileira de Design 2010 Curitiba
Los Obamitas
Something Left, Something Taken
Lâmpada fina

flickr

www.flickr.com/de2ign

arquivo

creative license

Tirinhas exclusivas de N.C. Winters, traduzidas para o português.
Creative License #66 – Despedida Final

enquete

  • Desculpe, não há nenhuma enquete ativa neste momento.

feedback

Você tem alguma idéia ou sugestão
para melhorar nosso site? Nós queremos ouvi-lo! Queremos que a De2ign seja, cada vez mais, do seu jeito e com a sua cara!

newsletter

Assine a newsletter e receba nossas matérias por e-mail. É mole ou quer mais?

twitter

Ó nós aqui no Twitter...