DesignDestaqueEstratégiaMercado de trabalhoPromocional

Desenvolvendo um portfolio eficiente

Revistade2ign_Artigo04_portfolio

O material promocional mais importante para um designer é o seu portfolio. É com o portfolio que são apresentadas as provas materiais das experiências citadas no currículo, da qualidade do trabalho do profissional e seus diferenciais.

Muito mais do que uma coleção de trabalhos, o portfolio deve ser visto como um suporte à estratégia de posicionamento do designer e deve ser desenvolvido de forma criteriosa levando em consideração o perfil, expertise, objetivos, o público para o qual ele será apresentado e o formato e tecnologia mais adequados para sua apresentação.

Pontos que devem ser considerados ao desenvolver um portfolio:

Conheça seu perfil
Analise seu passado profissional e perceba qual foi o foco de seus trabalhos anteriores, seus interesses e seus conhecimentos adquiridos. Conhecer seu passado profissional é o primeiro passo para planejar seu futuro.

Analise o cenário em que você se encontra
Conheça o nicho de mercado no qual você atua. Analise o perfil das empresas contratantes do serviço que você presta, perceba o que elas esperam destes serviços, o que é visto por elas como referência de qualidade.

Perceba seu diferencial
Visite portfolios online de colegas que atuam no mesmo segmento que você, compare seu perfil e  trabalhos com outros profisisonais e perceba características ou qualidades que podem ser usadas a seu favor. Estas características deverão ser sempre destacadas.

Defina seus objetivos
Identifique os nichos e atividades que te trazem realização profissional.

Identifique e liste seu público (potenciais clientes ou empregadores)
A partir da análise de cenário faça uma lista do seu público considerando quais empresas possuem interesse no que você oferece. Priorize as que estiverem mais de acordo com seu objetivo profissional.

Escolha os trabalhos mais adequados
Faça uma seleção criteriosa de seus trabalhos considerendo todos os tópicos anteriores (cenário, perfil, diferencial e público-alvo). Destaque os trabalhos que melhor se aplicarem a seus objetivos e dê preferência a qualidade, não a quantidade.

Desenvolva seu material
Considerando as questões anteriores escolha o(s) suporte(s) e tecnologias(s) mais adequado(s), para desenvolver e apresentar seu portfolio.

Lembre-se que suportes os quais você não tem como apresentar pessoalmente devem ser “autoapresentáveis”. Para isso utilize textos enxutos que defendam a solução desenvolvida.

Apresente seus trabalhos de forma a valorizá-los. Uma boa apresentação faz muita diferença. Fotografar suas peças é sempre bom.

Promova seu trabalho
Desenvolva ações para promover seu serviço de acordo com o que foi percebido como sendo de interesse dos potenciais contratantes.

Nunca deixe de promover seu trabalho entre as pessoas mais próximas de você. Colegas, professores e antigos contratantes sempre estarão dispostos a ajudar na sua divulgação e em repassar alguma oportunidade.

O envio de uma prévia de seu portfolio com uma carta de apresentação que deixe clara suas intenções e foco profissional é sempre bem visto.

Utilize websites de comunidades de design e redes sociais para promover seu portfolio, mas procure ter um produto online principal.

A seguir, algumas dicas de designers que já estiveram envolvidos no processo de avaliação de portfolio.

Por incrível que pareça, algumas pessoas depreciam o próprio trabalho ao apresentá-lo. Inclua no portfolio trabalhos que te deixe seguro da qualidade e defenda-os com argumentos claros e objetivos. Faça uma lista desses argumentos para cada projeto que irá apresentar, com problema, desenvolvimento e solução.

Tenha sempre em mente que você está lá tanto para ser avaliado quanto para avaliar. Faça perguntas ao entrevistador sobre a empresa, o cargo e as responsabilidades. Dessa maneira pode julgar melhor se realmente se adapta ao estilo da empresa e se o salário está adequado às funções exigidas para o cargo.

Jananda Lima
Gerente de design na Saravah Comunicação e Design

Um dos pontos principais que um designer nunca deve deixar de incluir em um portfolio são os créditos de TODOS os envolvidos no processo do projeto, quando este for um trabalho em equipe ou um projeto desenvolvido dentro de outro escritório no qual ele trabalhou. Este é um sinal forte de que aquele profissional não apenas sabe trabalhar em equipe, mas que também sabe reconhecer o esforço e colaboração alheia.

Guilherme Sebastiany

Apresente seus principais trabalhos já realizados, sejam eles acadêmicos ou profissionais, porém apresente-os por completo. Ou seja, não mostre apenas o resultado final aprovado em seu portfolio, e sim ao processo que o levou a tais resultados e soluções gráficas. A estratégia, no caso de vaga de emprego, é mostrar que você sabe direcionar uma criação, e não simplesmente saber criar.

Akira Goto

Guilherme e Akira  são sócios na Sebastiany, um escritório de design especializado em estratégia e criação de Marcas

Alguns portfolios já superaram minha expectativa em relação a formato, desde books impressos com destaque ao conceito do trabalho a apresentações digitais, com informações completas sobre o projeto. Lógico que tudo isso vai depender da área de atuação ou do tipo de projeto.

Um designer nunca deve deixar de incluir no seu portfolio projetos que envolvam a criatividade, diferenciação e o lado artístico.

Durante a apresentação de portfolio o candidato deve ser claro e objetivo. Sem firulas… rápido nas respostas, pois geralmente o avaliador não tem tempo sobrando.

Tente saber um pouco sobre a empresa e o cargo/função para o qual se candidata e tente alinhar o portfolio aos produtos e à área de atuação.

Marco Aurélio Veiga
Professor de Design e sócio do 2p estúdio

Até a próxima…

Leia também o artigo “Pérolas do estágio” no blog da Sebastiany

matérias relacionadas

Vende-se Design: Autopromoção e portfólio para profissionais criativos
Cesto de lixo eficiente
Posicionamento profissional

sobre o autor

guilherme howat
Desenhista Industrial experiente em planejamento, gerenciamento e desenvolvimento de projetos para os meios impresso e digital.

Foi professor na Faculdade CCAA, no SENAI-RJ e na Universidade Estácio de Sá.

É sócio no segmento de design gráfico da 288, uma empresa de design que atua a favor da integração da visão projetual alinhada a estratégias de negócios.

  • @DougEureka

    Ótimo post! Recomendo, também, o livro “Como ser um designer gráfico sem vender sua alma”. Não pode deixar de ler.

  • ELISIO DE SA REGO

    uma grande multinacional me solicitou um portifolio, eu não temho e gostaria de saber como montálo. gostaria de um portifólio para que eu possa fazer o meu e entregar com urgência. Trata-se de avaliação para emprego. Como fazer. please help me.
    Elísio

  • http://www.howat.com.br Guilherme Howat

    Oi Elisio, no ano que vem a http://www.doisoitooito.com vai oferecer diversas atividades na área de design e artes visuais aqui no Rio de Janeiro.

    Uma das atividades já previstas é um workshop de portfolio e autopromoção ministrado por mim.

    Se você ou mais alguém tiver interesse em participar, cadastre-se pelo email atividades@doisoitooito.com.

    De qualquer maneira, vou entrar em contato com você por email para ver como posso ajudá-lo em caráter de emergência.



recomendamos

Things I have learned in my life so far

248 páginas

Editora Abrams, 2008
Inglês

sites recentes

Volta Ferrorama
Promocional
Paul Frank
Promocional
Pilot Handwriting
Tipografia
 
 
 

debate atual

Criação vs Produtividade

matérias randômicas

Fones Muse
Antibodies
Promoção De2ign e Pixel Show SP 2011
Adidas aZX
Água em diferentes formas

flickr

www.flickr.com/de2ign

arquivo

creative license

Tirinhas exclusivas de N.C. Winters, traduzidas para o português.
Creative License #66 – Despedida Final

enquete

  • Desculpe, não há nenhuma enquete ativa neste momento.

feedback

Você tem alguma idéia ou sugestão
para melhorar nosso site? Nós queremos ouvi-lo! Queremos que a De2ign seja, cada vez mais, do seu jeito e com a sua cara!

newsletter

Assine a newsletter e receba nossas matérias por e-mail. É mole ou quer mais?

twitter

Ó nós aqui no Twitter...