ConcursosDesignProduto

Design bugs out

Adoro encontrar cases onde o design literalmente serve o ser humano. Lembro de uma aula na faculdade, quando um professor nos mostrou uma maca projetada especialmente para o hospital de queimados (incrível), e um dos meus “colegas” comentou que não era para isso que ele estava estudando design… triste, não? Espero que a seleção natural do mercado tenha funcionado nesse caso…

Mas falando de boas iniciativas: instituições do Reino Unido se uniram e desafiaram os designers britânicos a criar móveis e equipamentos hospitalares que fossem fáceis de serem utilizados e limpos. Um concurso foi lançado – sempre em parceria entre designer e fabricante – e resultou em 5 novas peças funcionais, as quais procuram reduzir os riscos de infecção hospitalar. O nome do concurso, Design Bugs Out, é mesmo sugestivo: abaixo os vírus e bactérias!
Mesa de cabeceira
Designer: Kinneir Dufort
Fabricante: Bristol Maid
A peça, feita de plástico durável, tem esquinas arredondadas e superfície lisa. As gavetas são removíveis (o que faz com que o móvel possa ser usado em ambos os lados da cama) e podem ser trancadas através de um chip, eliminando o uso de fechadura.
Mesa de cabeceira
Designer: Hollington
Fabricante: Herman Miller
Mais uma solução simples para substituir as atuais peças utilizadas em hospitais, que lembram muito os modelos usados em escritórios. O móvel tem como principal característica a facilidade de montagem e o material, priorizando mais uma vez a limpeza.

Cadeira para sanitário
Designer: PersonLloyd
Fabricante: Kirton Healthcare
Uma construção simples, sem dezenas de pequenas partes, faz com que a cadeira seja muito mais fácil de limpar. Conforto e bem estar do paciente também foram levados em consideração: a cadeira não tem o aspecto habitual conhecido por todo, além de possuir apoio para braços e pés ajustaveis.
Poltrona para pacientes
Designer: PersonLloyd
Fabricante: Kirton Healthcare
A estrutura pode ser limpa apenas com pano, e o enchimento é a prova d`água. As capas das almofadas são removiveis, podendo ser lavadas sempre que acontecer vazamento de fluído ou líquido hospitalar. A altura da cadeira é regulável através de pistão de gás na base de aço inoxidável.
Cadeira para transporte interno de pacientes
Designer: Minima
Fabricante: Vernacare
Um dos produtos mais difíceis de ser resolvido, pois é usado em todo o hospital e tem diferentes funções. Foi dada atenção especial para o descanso de perna, área para guardar pertences do paciente e o corpo da cadeira em si, fazendo que o usuário sente-se e levante-se de forma mais agradável.

Gostei! Gostei!

matérias relacionadas

1º Prêmio de Design Garden Center
Concurso Moleskine e Design Boom
Concurso do Cartaz do 24º Prêmio Design Museu da Casa Brasileira

sobre o autor

heloisa righeto
Formada em design de produto, ultimamente tem se dedicado apenas a escrever sobre design, principalmente sobre o que está rolando em Londres (cidade onde mora desde o fim de 2008). Antes disso, foi designer da Tok&Stok, sendo responsável pelo desenvolvimento da linha de luminárias e móveis complementares. Sustentabilidade e iluminação são suas preferências, e ela ainda sonha estudar história da arte e jornalismo. Formada pelo Mackenzie (São Paulo), foi umas das primeiras participantes do incrível grupo Design Possível, que usa o design como forma de melhoria a vida de muitas pessoas.



recomendamos

A Linguagem Invisível da Tipografia

193 páginas

Editora Blucher, 2012
Português

sites recentes

Volta Ferrorama
Promocional
Paul Frank
Promocional
Pilot Handwriting
Tipografia
 
 
 

debate atual

Criação vs Produtividade

matérias randômicas

Semana D
A imagem da moda por Gavin Brown
O que é tipografia?
Creative License #22 – Twitter
As 100 melhores fontes

flickr

www.flickr.com/de2ign

arquivo

creative license

Tirinhas exclusivas de N.C. Winters, traduzidas para o português.
Creative License #66 – Despedida Final

enquete

  • Desculpe, não há nenhuma enquete ativa neste momento.

feedback

Você tem alguma idéia ou sugestão
para melhorar nosso site? Nós queremos ouvi-lo! Queremos que a De2ign seja, cada vez mais, do seu jeito e com a sua cara!

newsletter

Assine a newsletter e receba nossas matérias por e-mail. É mole ou quer mais?

twitter

Ó nós aqui no Twitter...